Goiânia, 21 de dezembro de 2014
Busca

Voltar
Dia do Índio
Cultura indígena influencia sociedade brasileira

Artesanato, gostos e crenças tornam-se parte do cotidiano do povo brasileiro

02/04/2008 09:23:23

Foto: Reprodução

Helaine Dias de Castro – 6º período 

 

 

Desde a colonização do Brasil, o modo de vida e sobrevivência dos povos indígenas se modificou muito. A cultura do homem branco influenciou de forma drástica a vida dos povos locais. Apesar disso, ainda apresentamos traços da influência indígena na cultura brasileira.

 

 

 

 

A identidade cultural do nosso povo demonstra uma integração notória dos hábitos miscigenados. Dos índios herdamos alimentos básicos da culinária, como a mandioca e o milho, e instrumentos musicais, como flautas e chocalhos.

                                                                                                                                             

O emprego de elementos vegetais e animais como fonte de cura natural para doenças é largamente utilizado hoje, e chegam a se tornar alvo de pesquisadores estrangeiros e do contrabando biológico internacional.

 

Apesar disso, os índios perderam o contato com a tradição da medicina natural. “O índio, se fica doente, vai para o hospital de branco, pois não sabe mais como fazer remédio, e não tem mais contato com o mato”, declara José Luiz Tserite, cacique pajé da aldeia San Felipe, no município de Campinápolis, no Mato Grosso.

 

A influência do artesanato indígena, com bolsas trançadas de fios e fibras, enfeites ornamentados com penas, sementes e escamas de peixes são notados não só em nosso país, mas em outras localidades da América.

 

A valorização dos produtos comercializados pelos índios ocorre de forma inferior quando eles próprios realizam o comércio. “Quando vendemos, branco quer pagar pouco, precisamos de dinheiro para pagar contas”, comenta Miguel Tsremre, de 45 anos, da aldeia Santa Clara, também do município de Campinápolis. Projetos de órgãos de apoio ao índio, como a Funai (Fundação Nacional do índio), possuem pontos de venda para esses produtos.

 

 

Jogos Indígenas do Brasil

 

O evento é realizado desde outubro de 1996, sob o patrocínio do Ministério dos Esportes, com o apoio da Funai, que se responsabiliza pela mobilização dos participantes. É uma oportunidade de reunir dezenas de etnias e relembrar seus traços. 

 

 

O principal objetivo do evento é consolidar os jogos como a maior e mais importante festa de congregação entre os povo indígenas. O critério para a participação é a força cultural das etnias.

 

 

Durante o evento, ocorre o reforço da divulgação cultural indígena por meio de exposições fotográficas e de artesanatos, pintura, cinemateca, exibição de vídeos e comidas típicas.

 

 

As modalidades disputadas são: arco e flecha, cabo de guerra, canoagem, atletismo, corrida com tora, Xikunahity (espécie de futebol em que a bola só pode ser tocada pela cabeça), futebol, arremesso de lança, luta corporal, natação, zarabatana, rõkrã (semelhante ao futebol, mas jogado com o auxílio de bastões).

 

 

 

Leia mais...

Integração cultural divide opiniões entre índios

Constituição protege indígenas no Brasil

Por que o dia 19 é conhecido como “Dia do Índio”?

Copyrights © 2014 - Universidade Católica de Goiás - Todos direitos reservados.